Pular para o conteúdo

Carro dos sonhos: Redefinindo o conceito de carro elétrico

Carro dos sonhos: Redefinindo o conceito de carro elétrico

O Taycan reúne características dos modelos da Porsche, como motores potentes e muito luxo, com os recursos ecologicamente corretos dos carros
movidos a eletricidade

Quem se interessa por veículos elétricos de alto desempenho certamente deve ter ouvido falar da norte-americana Tesla. A empresa ganhou fama mundial com seus modelos de alta tecnologia, design arrojado e motores potentes. Até a chegada oficial do Porsche Taycan, é provável que não houvesse um modelo no mercado mundial que impressionasse tanto quanto os da Tesla. Mas a fábrica alemã pode estar reescrevendo a história da mobilidade elétrica com seu novo carro.
De acordo com a empresa, “o sedã esportivo de quatro portas é um produto inédito, oferecendo o típico desempenho e conectividade da Porsche com praticidade para o uso diário”. Os primeiros modelos da nova série são o Taycan Turbo S e o Taycan Turbo. Eles estão entre os modelos de produção mais potentes que a montadora de carros esportivos oferece atualmente em sua linha de produtos. Outras versões virão a seguir, ainda este ano. O primeiro derivado a ser acrescentado à gama será o Taycan Cross Turismo, no final do ano que vem.
A versão de topo do Taycan, o Turbo S, pode gerar até 761 cv de potência com overboost (um recurso que aumenta momentaneamente a pressão do turbo em situações de grande aceleração), acelera de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e tem autonomia de até 412 km. Já o Taycan Turbo disponibiliza até 680 cv, vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e pode rodar até 450 quilômetros com uma carga da bateria. A velocidade máxima de ambos os modelos, que têm tração nas quatro rodas, é 260 km/h.
O Taycan é o primeiro veículo de produção com um sistema com 800 volts, em lugar dos costumeiros 400 volts dos carros elétricos. Segundo a Porsche, com essa tecnologia em pouco mais de cinco minutos a bateria pode ser recarregada para obtenção de uma autonomia de até 100 quilômetros – desde que seja em corrente contínua e provida por uma rede de carga de alta potência. Em condições ideais, o tempo de recarga para atingir 80% da carga é 22,5 minutos.
Com coeficiente aerodinâmico partindo de 0,22, o Taycan promete, com seu design, dar uma contribuição importante para o baixo consumo de energia e, consequentemente, uma grande autonomia. No interior, o quadro de instrumentos tem uma tela central de informação e entretenimento com 10,9 polegadas. Há um mostrador opcional para o passageiro que pode ser combinado com o quadro para formar uma faixa de vidro integrada com visual preto. Todas as interfaces com o usuário foram totalmente redesenhadas para o Taycan. O número de controles físicos tradicionais, como interruptores e botões, foi bastante reduzido e substituído por toques ou por voz.
Uma particularidade é que, em tempos de preocupação com a sustentabilidade e para combinar com a proposta ecologicamente correta da mobilidade elétrica, com o Taycan, a Porsche está oferecendo pela primeira vez um interior totalmente sem uso de couro. Os interiores são feitos de materiais reciclados.

Motores e modos de condução
O Taycan Turbo S e o Taycan Turbo têm dois motores elétricos, sendo um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro – o que proporciona aos carros tração nas quatro rodas. A transmissão de duas velocidades instalada no eixo traseiro é uma inovação desenvolvida pela Porsche. A primeira marcha dá ao Taycan uma aceleração ainda maior a partir da imobilidade, enquanto a segunda, com uma relação mais elevada, assegura alta eficiência e reservas de potência igualmente elevadas. Isso também se aplica a velocidades muito altas.
O perfil dos diferentes modos de condução segue basicamente a mesma filosofia utilizada em outras linhas de modelos da Porsche. Eles são suplementados por ajustes especiais que permitem a utilização otimizada da propulsão exclusivamente elétrica. Quatro modos de condução estão disponíveis: “Range”, “Normal”, ‘Sport” e “Sport Plus”. Além disso, os sistemas individuais podem ser configurados conforme desejado no modo “Individual”.
O Porsche Taycan Turbo S e o Porsche Taycan Turbo já estão disponíveis para encomendas e custam respectivamente 185.456 euros e 152.136 euros na Alemanha, incluindo equipamento específico para o país e VAT (imposto sobre valor agregado). No Brasil, o modelo está previsto para ser lançado em 2020.