Pular para o conteúdo

Atitudes para uma oficina sustentável

Atitudes para uma oficina sustentável

Confira dicas da Alpha Consultoria feitas para orientar os empresários sobre as principais atitudes a serem tomadas no atual momento de consequências da pandemia de coronavírus

ATITUDE 1: Tenha uma conversa franca com seus funcionários
Em momentos difíceis, uma conversa franca é a melhor atitude. Reúna sua equipe, dando a correta distância entre eles e em local aberto, e relate a situação do negócio e da importância da participação de todos na manutenção da empresa e na preservação dos empregos. Fazendo isso, você dá ao funcionário a visão da importância dele para o negócio e divide com ele a responsabilidade pela preservação da empresa e, consequentemente, dos empregos.

ATITUDE 2: Entender que o mercado mudou
Entenda que o momento em que sua empresa fechou as portas, cumprindo uma determinação do governo, tínhamos um perfil de mercado e ela vai reabrir em uma realidade totalmente diferente. Um dos principais fatores nessa diferença é uma demanda reprimida dos clientes que estavam resguardando recursos e priorizando outras ações, ao invés da manutenção do carro. Haverá ainda maior limitação de crédito, queda do ticket médio e surgimento de novos custos. É hora, então, de repensar seu negócio!

ATITUDE 3: Volte a ser o “empresário fundador”
Esse novo contexto de controle de custos, baixa demanda e crédito limitado vai exigir a mentalidade do “fundador” de volta, á frente do negócio! Ou seja, aquelas atitudes que você teve quando abriu a empresa, onde seu capital era limitado, onde as despesas eram controladas na ponta do lápis, onde era sempre o primeiro a chegar e o último ao sair, onde não havia ainda um histórico de crédito com os fornecedores serão mais do que nunca úteis nesse momento. Observe que lá atrás você passou por tudo isso, sofreu, lutou mas conquistou seu espaço. Chegou a hora de refazer tudo isso! Agora é hora de “reabrir” o seu negócio!

ATITUDE 4: É hora de manter a equipe
Se está difícil com eles, imagine, sem eles! Ninguém melhor do que sua equipe, que já entende seu negócio e já trabalha de forma entrosada para ajudar você a tocar sua oficina. Pense em todo o investimento que foi feito, em treinamento técnico, orientação sobre processos e atividades internas. Não é hora de desperdiçar isso! Além do quê, demissão é um processo caro, que vai atrapalhar seu caixa no curto prazo. Há outras alternativas como férias e negociações que dentro da lei, e com a orientação de um contador e um advogado trabalhista, podem ser realizadas.

ATITUDE 5: Aproveite para entender o ponto fraco de sua empresa
Um momento difícil como esse traz à tona as principais fraquezas das empresas. Em vez de se lamentar, aproveite a oportunidade para entender claramente quais são suas limitações e trabalhe para reduzi-las ou mesmo saná-las! Se o fôlego financeiro está curto e já em 15 dias sentiu dificuldade de honrar compromissos, é porque há custos muito elevados no seu negócio ou sua operação não é rentável o suficiente para sustentar a empresa. Se há demora na entrega dos veículos, é porque há falhas graves nos processos internos. Identifique os problemas e foque na resolução!

ATITUDE 6: É hora de entender de custos
Daqui por diante, o Jogo das Oficinas será o de Custos x Caixa. Ou seja, será bem sucedido aquele que conseguir gerar caixa com o menor custo possível. Por isso, entender seus custos nesse momento é fundamental. Relacione os custos mensais e defina o custo diário de funcionamento. Assim, você terá uma noção de quanto deve gerar de receita para se manter a cada dia e fica mais clara a percepção se está compensando trabalhar aos sábados, se será mantido o horário normal de funcionamento ou ele será reduzido e se o mesmo número de funcionários ficará trabalhando diariamente.

ATITUDE 7: Use a base de clientes a seu favor
Seu principal ativo não está nos equipamentos, no prédio ou no estoque. Seu principal ativo, e ainda mais nesse momento, é sua base de clientes! Nela há dados como modelo de veículo, tipos de serviços realizados, formas preferidas de pagamento, intervalos de manutenção, média de quilometragem entre os serviços e muito mais. Faça filtros, selecionando clientes por tipo de serviço ou veículo e gere campanhas mais focadas. Isso otimiza o estoque, direciona as compras e agiliza a realização do trabalho, padronizando temporariamente os serviços.

ATITUDE 8: Mantenha o relacionamento com seus clientes
Não importa se na sua cidade ou no seu estado as empresas estão funcionando ou não! Seu cliente precisa saber que sua empresa ainda existe! Sim, essa é a hora de investir nas redes sociais, enviar e-mails de feliz aniversário, lançar campanhas pelo WhatsApp e fazer vídeos informativos. Os recursos para isso você já tem, como um smartphone, um plano de internet e uma conta em rede social. Além disso, o custo desse tipo de ação é praticamente zero!

ATITUDE 9: Não espere pelo cliente, gere sua própria demanda
Não espere que, ao abrir as portas de sua oficina, você já terá demanda de serviços. A baixa circulação de veículos nas ruas e o receio do seu cliente de retomar as atividades cotidianas vai exigir de você a habilidade de gerar a própria demanda! Por isso, vá atrás do seu cliente! Agende serviços, ofereça serviços de leva-e-traz, crie campanhas direcionadas para públicos específicos, ligue para pequenos frotistas e faça condições diferenciadas para taxistas e motoristas de aplicativo. O foco, nesse momento, é gerar demanda para manter sua oficina funcionando!

ATITUDE 10: Foque nos serviços rápidos. Não é hora de resolver problemas
Conseguirá se manter, nesse momento, a empresa que conseguir gerar mais caixa no menor tempo possível. Foque na realização de serviços rápidos, nos quais o veículo seja entregue no mesmo dia, em até 24 horas ou, no máximo, em 48 horas. Agindo assim, o cliente pagará mais rápido gerando receita para seu negócio. Avalie o que você precisa para realizar esses serviços, quais os itens a serem trocados, quais as ferramentas necessárias e quantos funcionários será preciso para que você possa executar os trabalhos com a maior agilidade possível!
Seguindo estes passos, você estará contribuindo para uma Oficina Sustentável!