Pular para o conteúdo

VW Amarok: Desempenho de carro esportivo

VW Amarok: Desempenho de carro esportivo

É fato conhecido por todos que as picapes ditas médias (mais adequado chamá-las de grandes, porque a cada ano elas ficam maiores) são, para a esmagadora maioria dos usuários, vistas e usadas mais como carros de passeio do que como utilitários. Não é à toa que elas oferecem versões com equipamentos como sistemas multimídia integrados com o smartphone, câmbio automático e vários outros itens de conforto.
A Amarok V6 versão Highline (uma abaixo da topo de linha, que é a Extreme), que tivemos oportunidade de conhecer e guiar pelas ruas de Fortaleza durante alguns dias, não foge a essa regra. Merece ser chamada de carro, porque, tirando características como a altura e o generoso espaço interno, que são típicas de um SUV, ela é um veículo que oferece muita comodidade para rodar no ambiente urbano.
Começamos destacando o fato de que o motor 3.0 turbo a diesel praticamente não é notado dentro do carro. Para ouvi-lo, é preciso acelerar forte, desligar o som e apurar um pouco os ouvidos. Outro detalhe é o conjunto de sensores de estacionamento distribuídos na frente e na traseira e a câmera de ré, que ajudam (e muito) a colocar o modelo em qualquer lugar sem medo.
Uma característica histórica dos modelos Volkswagen é o torque elevado. Qualquer pessoa que tenha guiado um veículo da marca e atentado para isso vai lembrar que os veículos são ágeis e respondem bem ao toque do acelerador, desenvolvendo rapidamente mesmo com o motor em rotações não muito altas. Pois também nisso a Amarok se assemelha aos demais carros de passeio da montadora alemã.

Motor é o grande destaque
A despeito do tamanho gigantesco, típico de um veículo do seu segmento, a disposição do motor faz com que a Amarok saia da inércia de uma forma que impressiona bastante. Destacamos aqui que são da picape da Volkswagen a maior potência e o maior torque entre as quatro picapes mais vendidas no mercado (em ordem de vendagem, elas são a Toyota Hilux, a Chevrolet S10 e a Ford Ranger. A Amarok está em quarto lugar).
Também é uma característica só da Amarok a transmissão automática de oito velocidades. Os câmbios das demais picapes concorrentes têm seis velocidades. Além de ajudar a poupar combustível, este número de marchas também influencia a agilidade do motor, permitindo que o motorista já comece a ter um bom torque com apenas 1.500 rpm. Graças a esse conjunto, para motorista e passageiros uma das características que chama a atenção na Amarok é que, com um toque mais forte no acelerador, o turbo do motor age e o carro voa baixo, jogando as costas de todos contra os encostos dos bancos. A sensação, realmente, é de estar guiando um carro de passeio esportivo.
Em relação aos itens de conforto, a Amarok não fica a dever a nenhum sedan de luxo – outro tipo de veículo que é uma espécie de fetiche da classe média brasileira como símbolo de status. Para citar alguns dos equipamentos que a versão Highline oferece, ela vem com ar condicionado digital de duas zonas, piloto automático, sistema de navegação, equipamento de som e mídia com conexão para smartphones, sensor crepuscular (acendimento automático dos faróis quando detectada baixa luminosidade), volante multifuncional em couro com “shift paddles”, tração 4×4 permanente com distribuição da força entre os pneus controlada eletronicamente e bancos dianteiros com ajustes elétricos para motorista e passageiro.
Com pouco tempo de mercado, em relação aos concorrentes (foi lançada em 2010), a Amarok, como dissemos, ocupa a quarta posição no mercado. Ultrapassou concorrentes mais antigas e tradicionais, como a Mitsubishi L200 e a Nissan Frontier. Claro que conta a força da marca Volkswagen e sua extensa rede no Brasil. Mas é preciso reconhecer que a existência de versões com o bom motor V6 3.0 turbo ajudam o veículo a ter esses desempenho.
Muitos brasileiros gostam de carros com motor potente e ágil – até mesmo entre os consumidores de modelos 1.0 essa característica é valorizada. A Amarok V6 que guiamos, com suas características de sedan de luxo esportivo, certamente contribui para reforçar a imagem picape em suas várias versões.

Preço da Amarok V6 Highline:
a partir de R$ 187.990,00